Dúvidas sobre criação de sites

 

Estes dias eu visitei um cliente que nos pediu um orçamento para criação de site institucional. Posteriormente o projeto prevê a implantação de uma loja virtual. Durante a reunião cliente teve uma série de dúvidas, as quais relato abaixo por serem dúvidas frequentes, já identificadas em outros projetos. Espero que ajude aqueles que pretendem investir no segmento de e-commerce. Boa leitura:

 

Qual a plataforma que vocês recomendam?

Quando se pensa em plataformas para e-commerce não existe uma plataforma ideal, mas sim a melhor plataforma para as necessidades e requisitos do projeto. Partindo deste princípio, devemos avaliar os requisitos definidos pelo cliente no documento de escopo. Neste caso específico, a restrição ocorre em função da necessidade de se iniciar com um site institucional e, posteriormente, estender as funções básicas para que seja suportado uma loja virtual no mesmo ambiente. Se levarmos em consideração as alternativas específicas para ambiente de e-commerce como, por exemplo, magento, opencart, prestashop, etc, será muito difícil a implementação de uma plataforma que atende a todos os requisitos de um site institucional, obrigando a construção de dois sites. Seria necessário iniciarmos o projeto como a plataforma para site institucional que seria totalmente descartada para ser substituída por uma loja virtual, dobrando os recursos financeiros para implementação do projeto, sem levar em consideração os prejuízos para o SEO. A melhor alternativa para evitarmos tal prejuízo seria iniciarmos o projeto utilizando o WordPress para a criação de um site institucional e, posteriormente, a inclusão do plugin woocommerce para expandir as funcionalidades do WordPress E permitir a inclusão de uma loja virtual completa. Essa é a grande vantagem de ser dono do código-fonte da sua placa!!!

 

Por que o WordPress é melhor que lojas alugadas?

Quando pensamos na criação de sites nunca podemos afirmar que uma plataforma é melhor que outra. Na verdade, nossos clientes nunca são iguais, os negócios possuem características específicas, exigindo que se avalie caso a caso para selecionar A melhor solução. Quando levamos em consideração os requisitos citados na questão anterior, descobriremos que são pouquíssimas as plataformas aluguel de lojas virtuais que permitem a coexistência de um site institucional e uma loja virtual no mesmo ambiente. Além disso, as raríssimas plataformas possuem grandes limitações com relação a customização de layout, integração com plataforma de terceiros, meios de pagamento, métodos de entrega, peço ao código-fonte e, talvez o pior de tudo, grandes dificuldades para exportação da lista de produtos e clientes quando se pensa em trocar de plataforma. Isso causa um grande aprisionamento do cliente, que se vê obrigado a permanecer na plataforma alugada para que não perca todo tempo e dinheiro investido para criá-la. Clientes que escolhem uma plataforma de loja alugada sem levar em consideração os recursos disponíveis na plataforma e, principalmente, sua necessidade a médio e longo prazo, descobriram que a economia inicial resultará numa necessidade de investimento incalculável. Você quer mesmo arriscar??? Pois quando você escolhe o WordPress você não precisa se preocupar com nenhum destes problemas!!!

 

Se eu criar um site institucional, e depois precisar de uma loja virtual, terei que fazer um novo site?

De forma alguma. Como já dissemos na questão anterior, o WordPress permite que você crie um site que possua uma lojas virtuais, bastando para isso a instalação de plugins. Plugins são programas que expandem as funcionalidades básicas do WordPress, sendo que muitos deles são gratuitos, enquanto outros são pagos. Quando criamos lojas virtuais para nossos clientes utilizamos O plugin woocommerce. Este plugin tem integração com diversos meios de pagamento, tais como PagSeguro, payPal, moip, além da Integração com diversos gateways de pagamento ou ainda a integração direta com as operadoras de cartão de crédito. Além disso possui integração com os Correios e com diversos operadores logísticos, eu ainda com a possibilidade de se utilizar Gateway de transporte. Sendo assim, basta instalar o Plugin do woocommerce, configurado corretamente, cadastrar os produtos e começar a vender. Simples, não é mesmo???

 

Quantos produtos ou páginas meu site pode ter. A quantidade de páginas de produtos influencia no preço?

Esta é uma pergunta muito frequente. Não existe um limite de páginas ou produtos, como também não há limite de número de visitantes. Essas limitações costumam ser impostas pelo ambiente de hospedagem onde o site se encontra. Hospedagem compartilhada costuma ser formada por um servidor físico que é dividido entre diversos sites. Sendo assim, cursos como memória, capacidade de processamento, acesso à internet, etc, são limitados para cada hospedagem, fazendo com que o site possa ficar lento em determinados períodos do dia ou, no pior caso, em vários momentos do dia. Esse tipo de problema não ocorre, por exemplo, com sites que se utilizam de servidores dedicados ou de hospedagens em nuvem (cloud). Contudo você não precisa iniciar o seu projeto com o servidor dedicado, para evitar gastos desnecessários no início do projeto. A migração de um servidor compartilhado para um servidor dedicado é um processo relativamente simples. Nós costumamos orientar nossos clientes a respeito da melhor solução de hospedagem para cada momento do projeto. Isso não é ótimo???

 

Como eu poderei controlar o meu estoque e emitir minhas notas fiscais?

A maioria das plataformas de e-commerce controle de estoque integrado com sua solução. Contudo, o recurso nativo da plataforma permite apenas o controle de estoque dos produtos vendidos pela plataforma, obrigado lojista que possui lojas físicas a trabalhar com um estoque separado para loja virtual a utilizar um ERP para integrar as vendas da loja física e da loja virtual com o seu estoque Unificado. Da mesma forma, clientes que queiram utilizar-se de marketplaces poderão fazer uso do benefício desta integração, tornando todo processo de gestão muito mais simples e mais barato. Além disso os ERPs possuem diversas outras funcionalidades, tais como: Controle de custos, controle de usuários, emissão de nota fiscal, emissão de Cupom Fiscal, integração com correios e transportadoras, relatórios estatísticos, recursos para exportação de dados, integração com diversas outras plataformas. O melhor de tudo é que os ERPs são muito baratos e rodam em nuvem, reduzindo custos mensais e custos com aquisição de infraestrutura. Eu sempre recomendo aos meus clientes!!!


Adalton Adams

Meu nome é Adalton Adams e sou apaixonado por criação de sites e marketing digital. Tenho um filho de 10 anos, uma esposa maravilhosa e um cachorro que me acompanha em minhas caminhadas matinais. Quando sobra um tempinho eu sempre escrevo aqui no site, sobre minhas experiências sobre criação de sites.